A Polícia Civil, por meio das Delegacias de Pinhalzinho e Saudades, deu cumprimento a mandado de prisão temporária em desfavor de S.E.V.H, de 29 anos, nesta sexta-feira (11).

Foto: Polícia Civil

Segundo o delegado Arthur Lopes, que preside a investigação, o desaparecimento do caminhoneiro ocorreu no percurso entre sua última parada no sudoeste do Paraná e Chapecó (SC). “Ocorreu ainda a subtração das rodas de seu caminhão, as quais foram substituídas por outras de qualidade muito inferior”, explica.

O investigado preso encontrava-se com paradeiro desconhecido desde o fim de semana do desaparecimento de Ezequiel Fernando Schneider, há cinco dias, e foi localizado no município de Chapecó. Sendo que o caminhão foi encontrado na terça-feira (08), no município de Saudades.

Em que pese à prisão cautelar do suspeito, as investigações continuam.

Após o seu interrogatório e demais procedimentos policiais, o preso foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada – UPA de Maravilha/SC.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here