Desde o início do ano, a Polícia Civil de Caibi e Palmitos registrou inúmeros crimes contra o patrimônio (furtos), tendo muitas das investigações sido concluídas e os autores dos crimes indiciados, porém em face de ser crime cometido sem violência, os autores acabavam sendo liberados após os interrogatórios, o que gerou revolta e indignação na sociedade.

A Polícia Civil comprovou que os investigados juntos cometeram quase uma dezena de crimes de furto e diante da sensação de impunidade, começaram a cometer furtos quase que diariamente, especialmente de veículos que conduzidos em excesso de velocidade e para a prática de manobras perigosas.

A investigação identificou que os veículos eram furtados e utilizados para a prática de manobras perigosas, sendo que quase sempre eram abandonados após terem sofrido algum acidente de trânsito.

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva de A.D.O.S (19 anos), C.G.D.S (23 anos) e E.R.D.S (19 anos) que foram presos na tarde da última segunda-feira (3), sendo que A.D.O.S (19 anos) já estava preso por ter se envolvido em um acidente de trânsito no dia 29/11/2018 com um veículo furtado, ocasião em que foi preso em flagrante pela Polícia Militar.

NOTA

O nome da “GTA – Grand Theft Auto” é uma referência a série de jogos de computador criada em 1997 por David Jones em que os jogadores podem roubar veículos para atingir seus objetivos, sendo comum atropelamentos e acidentes de trânsito.

Grand Theft Auto se refere a um tipo de infração da lei norte-americana, que identifica furtos de veículos automotivos cujo valor de mercado seja superior a US$ 400.

Nesse caso, todo tipo de roubo de veículos de pequeno, médio e grande porte, são classificados como Grand Theft Auto pelo código penal dos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here