O Tribunal de Disciplina da Conmebol divulgou, à noite passada, a punição imposta ao Nacional do Uruguai.  O fato refere-se ao jogo em Chapecó, pela 2ª fase pré-grupos da Libertadores da América.

Na ocasião, torcedores do time uruguaio fizeram gestos nas arquibancadas, remetendo ao acidente aéreo de 2016. Setenta e uma pessoas, entre jogadores, comissão técnica, dirigentes, convidados e jornalistas, morreram.

Houve um pedido de desculpas formal e pelo menos um torcedor foi expulso do quadro social, mas uma pena foi aplicada ao clube. Além da uma advertência, foi aplicada uma multa de US$ 80 mil (aproximadamente R$ 263,3 mil). Também houve o anúncio da proibição de ter torcida visitante pelas próximas três partidas oficiais da Conmebol, seja Libertadores ou Copa Sul-Americana.

Ainda cabe recurso. O prazo é de 7 dias.

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here