Procon interdita estabelecimento na Efapi

Órgão diz que havia cobrança de valores indevidos.

0
5928

Um estabelecimento foi interditado parcialmente no começo da noite de segunda-feira (9) na praça de alimentação do Parque Tancredo Neves. Agentes do Procon foram até o local após denúncias de que haveria cobrança de valores superiores aos definidos.

Além disso, de acordo com o coordenador municipal do órgão, Paulo Balancelli, uma taxa de serviço de 10% estaria sendo cobrada, o que é ilegal. Balancelli afirma que o espaço ficará fechado por 24 horas e não abre nesta terça-feira (10).

A fiscalização está presente no parque até o fim do evento. O coordenador do Procon diz que outras denúncias foram recebidas, mas não foi possível fazer o flagrante.

Sem comentários

Deixe uma resposta