Diretor da Chape fala sobre a saída de Andrei Girotto

Segundo Rui Costa, o jogador não quis mais vestir a camisa do clube após receber proposta.

0
9709

O diretor-executivo da Associação Chapecoense de Futebol, Rui Costa, falou nesta quarta-feira (9), ainda na Espanha, sobre a saída do volante Andrei Girotto. O jogador está com o clube na Europa, onde disputou na segunda-feira o torneio Joan Gamper diante do Barcelona e, na terça-feira, o jogo-treino com o Lyon. Após o jogo na França, a delegação retornou a Barcelona.

Foto: ACF/Oficial

A notícia da negociação foi divulgada na noite de terça-feira (8) e nesta quarta (9) o diretor se manifestou oficialmente em nome da Chape. Costa afirma que após receber proposta do futebol francês, o jogador não quis mais vestir a camisa do clube catarinense.

Segundo o diretor-executivo, para a direção o atleta disse que a proposta era irrecusável. O contrato seria de quatro anos. A partir da informação recebida, a direção da Chapecoense, através do presidente Plínio Davia de Nes Filho, buscou estabelecer um ressarcimento financeiro “muito acima daquilo que o mercado estabelece”.

Costa disse ainda que a saída será suprida e o valor reinvestido no elenco do clube. Ouça a entrevista do diretor-executivo da Chapecoense:

Andrei Girotto tem 25 anos e chegou em Chapecó no começo de janeiro, vindo da Tombense de Minas Gerais. Embora os valores não sejam divulgados, a especulação é de que a Chapecoense receberá em torno de R$ 1,5 milhão na negociação do atleta com o Nantes da França.

Sem comentários

Deixe uma resposta